PERCURSOS PEDESTRES

 

Os percursos pedestres são uma forma privilegiada de conhecer o que nos rodeia, aspetos particulares do património geológico, florístico, faunístico, etnográfico e arquitectónico, entre outros.

 

As sensações provocadas pela proximidade das coisas e dos locais, os cheiros, as cores, as texturas, os sons, permitem-nos interiorizar experiências inesquecíveis e por isso vos propomos os seguintes programas:

 

 

FÓRNIA – às voltas com o trabalho da água

 

Objetivos seguir o leito da ribeira da Fórnea até à Cova da Velha e perceber o seu lento trabalho na modelação da paisagem, que começou ainda antes de existir a palavra “velha”.

Duração ½ dia, cerca de 3 horas, entre as 09h30 e as 12h30

Grau de dificuldade baixo

Ponto de encontro Café da Bica, Alcaria, Porto de Mós

 

 

ORSÁRIO – os mistérios do carvalhal

 

Objetivos como a vegetação natural ocupou o espaço e como vai, escondendo o antigo trabalho dos homens

Duração ½ dia, cerca de 3 horas, entre as 09h30 e as 12h30

Grau de dificuldade baixo

Ponto de encontro Largo da Igreja de Alvados, Porto de Mós

 

 

CASTELEJO – do vale ao planalto com regresso

 

Objetivos a paisagem até onde onde chegue a vista e o trabalho de gerações que a construiram e constroem ainda

Duração 1 dia, 7 horas, entre as 10h00 e as 17h00, com almoço volante

Grau de dificuldade médio

Ponto de encontro Largo da Igreja de Alvados

OS PERCURSOS INCLUEM

Enquadramento por guia de natureza

Seguros de acidentes pessoais e responsabilidade civil

 

 

DATAS

Aos sábados, a partir do próximo dia 15 de Abril, desde que seja garantido o número mínimo de participantes

 

 

NÚMERO DE PESSOAS/PERCURSO PEDESTRE

Número mínimo 6 pax

Número máximo 15 pax

 

 

Contacto para informações e marcações: 962899761 | Ana Alves e contacto@fabricadalegria.pt

RNAAT 12/2005

PERCURSOS PEDESTRES

 

Os percursos pedestres são uma forma privilegiada de conhecer o que nos rodeia, aspetos particulares do património geológico, florístico, faunístico, etnográfico e arquitectónico, entre outros.

 

As sensações provocadas pela proximidade das coisas e dos locais, os cheiros, as cores, as texturas, os sons, permitem-nos interiorizar experiências inesquecíveis e por isso vos propomos os seguintes programas:

 

 

FÓRNIA – às voltas com o trabalho da água

 

Objetivos seguir o leito da ribeira da Fórnea até à Cova da Velha e perceber o seu lento trabalho na modelação da paisagem, que começou ainda antes de existir a palavra “velha”.

Duração ½ dia, cerca de 3 horas, entre as 09h30 e as 12h30

Grau de dificuldade baixo

Ponto de encontro Café da Bica, Alcaria, Porto de Mós

 

 

ORSÁRIO – os mistérios do carvalhal

 

Objetivos como a vegetação natural ocupou o espaço e como vai, escondendo o antigo trabalho dos homens

Duração ½ dia, cerca de 3 horas, entre as 09h30 e as 12h30

Grau de dificuldade baixo

Ponto de encontro Largo da Igreja de Alvados, Porto de Mós

 

 

CASTELEJO – do vale ao planalto com regresso

 

Objetivos a paisagem até onde onde chegue a vista e o trabalho de gerações que a construiram e constroem ainda

Duração 1 dia, 7 horas, entre as 10h00 e as 17h00, com almoço volante

Grau de dificuldade médio

Ponto de encontro Largo da Igreja de Alvados

 

PERCURSOS PEDESTRES

 

Os percursos pedestres são uma forma privilegiada de conhecer o que nos rodeia, aspetos particulares do património geológico, florístico, faunístico, etnográfico e arquitectónico, entre outros.

 

As sensações provocadas pela proximidade das coisas e dos locais, os cheiros, as cores, as texturas, os sons, permitem-nos interiorizar experiências inesquecíveis e por isso vos propomos os seguintes programas:

 

 

FÓRNIA – às voltas com o trabalho da água

 

Objetivos seguir o leito da ribeira da Fórnea até à Cova da Velha e perceber o seu lento trabalho na modelação da paisagem, que começou ainda antes de existir a palavra “velha”.

Duração ½ dia, cerca de 3 horas, entre as 09h30 e as 12h30

Grau de dificuldade baixo

Ponto de encontro Café da Bica, Alcaria, Porto de Mós

 

 

ORSÁRIO – os mistérios do carvalhal

 

Objetivos como a vegetação natural ocupou o espaço e como vai, escondendo o antigo trabalho dos homens

Duração ½ dia, cerca de 3 horas, entre as 09h30 e as 12h30

Grau de dificuldade baixo

Ponto de encontro Largo da Igreja de Alvados, Porto de Mós

 

 

CASTELEJO – do vale ao planalto com regresso

 

Objetivos a paisagem até onde onde chegue a vista e o trabalho de gerações que a construiram e constroem ainda

Duração 1 dia, 7 horas, entre as 10h00 e as 17h00, com almoço volante

Grau de dificuldade médio

Ponto de encontro Largo da Igreja de Alvados

 

 

OS PERCURSOS INCLUEM

Enquadramento por guia de natureza

Seguros de acidentes pessoais e responsabilidade civil

 

 

DATAS

Aos sábados, a partir do próximo dia 15 de Abril, desde que seja garantido o número mínimo de participantes

 

 

NÚMERO DE PESSOAS/PERCURSO PEDESTRE

Número mínimo 6 pax

Número máximo 15 pax

 

 

Contacto para informações e marcações: 962899761 | Ana Alves e contacto@fabricadalegria.pt